.

.
Caxias - Capital do Leste Maranhense

CapitalWebTV

Disputa pelo controle da Câmara em Caxias deve ser equilibrada


A disputa pela presidência da Câmara em Caxias pode ter pelo menos 3 concorrentes.

Até semana passada, apenas Mário Assunção (PPS) e Catulé, tiveram seus nomes especulados para disputar o controle da Casa do Povo no biênio 2017/2018. Agora quem entra em definitivo no páreo é Durval Júnior (PSB).

Mário Assunção se destacou no Parlamento como líder da bancada governista na administração Léo Coutinho e em tese, pode ser o candidato a ser indicado pela atual gestão, mas dentro do próprio grupo liderado pelo presidente da Assembleia Humberto Coutinho; existem outros nomes como: Edílson Martins (PSDB) e Thais Coutinho (PSB); ambos não esboçaram nenhuma pista de possíveis candidaturas à presidência da Câmara, mas, não será surpresa se assim o fizerem.

Neste cenário, Mário ou qualquer um dos outros dois, já teriam arregimentado apoio de outros quatro edis, o que na soma momentânea, contabilizaria 6 votos a favor.

Pelo lado do prefeito eleito Fábio Gentil (PRB), o nome do vereador reeleito Catulé (PRB), teria o aval do Cabeludo para concorrer à presidência da Casa, mas, está difícil convencer a futura base, ou seja, os vereadores que negociam desembarcar no governo ‘gentiliano’, ao que parece não concordam com a indicação.

Desta forma, se as negociações não progredirem, Catulé teria hoje apenas 3 preferências, contando o seu próprio voto.

Já Durval Jr. vem costurando há dias uma possível candidatura à presidência da Câmara e já tem até voto declarado, o do estreante Darlan (PHS). Ambos fizeram parte do PSDC, quando a sigla estava sob o controle de Fábio Gentil e os mesmo rumaram para partidos diferentes, sempre mantendo um estreito contato político.

Por falar em Darlan, este também tinha a pretensão de disputar a Câmara, mas, teria ouvido do próprio Fábio Gentil, já prefeito eleito, um “deixa isso pra depois”, desmotivando por completo os planos do candidato humanista. 

E Durval?

Utilizando de uma estratégia pouco observada pelos concorrentes, Durval conseguiu o apoio não somente de Darlan, e já estaria contabilizando outros quatro aliados, que somados ao próprio voto, lhe daria hoje a probabilidade de 6 votos na disputa pelo controle no Parlamento local.

Se os números confirmarem as especulações, teríamos hoje quatro vereadores ainda indefinidos em quem votar o que é decisivo nesta que promete ser uma disputa equilibrada para a presidência da Câmara em Caxias.

Vamos aguardar para ver o desenrolar dessa história.

Mano Santos
MTE: 0001419
COMPARTILHAR:

+1